Arquiteto, designer (1928-2021) - Brasil Paulo Mendes da Rocha é uma referência internacional da arquitetura contemporânea brasileira. Após mais de 50 anos de trabalho, sua concepção modernista e humanística da arquitetura permanece intacta. Sobre isso ele diz: "A arquitetura não quer ser funcional, mas apenas adequada". Pela evidência da sua formação, do seu carácter e das suas obras, pode-se caracterizá-lo, sem dúvida, como um arquiteto moderno. Iniciando sua brilhante carreira no final dos anos 50, Paulo Mendes da Rocha cria rapidamente obras ao mesmo tempo sinceras e ousadas. Ao longo de sua carreira, não se nota nenhuma descontinuidade formal ou conceitual; entretanto, desde a criação do Museu da Escultura de São Paulo, pode-se observar uma sutil transformação em sua obra. Permanecendo o mesmo arquiteto com os mesmos meios de expressão, a sua obra revela gradualmente uma complexidade que antes lhe era desconhecida. Sua concepção de arquitetura é muito influenciada por seus pais Oscar Niemeyer e Affonso Eduardo Reidy e sua afinidade com Artigas é percebida em sua capacidade de criar soluções espaciais imaginativas e inesperadas.
Produtos
Poltrona Paulistano Outdoor
Paulistano Acetinado Couro