Sergio Rodrigues é carioca de 22 de setembro de 1927 e cresceu cercado por arte. Da família saíram jornalistas, dramaturgos e artistas plásticos, referências que o incentivaram desde cedo. Aprendera a mexer com madeira quando criança e com ela criava carrinho, avião ou bonecos para a própria brincadeira. Em 1951 se formou arquiteto e por excelência acadêmica foi escolhido como projetista do Centro Cívico de Curitiba. Quatro anos depois fundou a OCA em parceria com Carlos Hauner. A loja era no Rio de Janeiro, de móveis nacionais. Fundia-se com galeria e estúdio e promovia o design autenticamente brasileiro. Foi lá que Sergio Rodrigues expôs suas primeiras criações. De 1956 a 1958 colocou na loja o banco Mocho, as cadeiras Lucio e Oscar e a poltrona Mole, vanguardista no design identitário e premiada internacionalmente por isso. Nos cinquenta anos seguintes criou um diverso mobiliário, para projetos públicos – como a Universidade de Brasília, o Teatro Nacional e o Palácio dos Arcos – e privados. Fica o legado de mais de 1500 modelos de móveis em um estilo único, rico e característico, de Sergio, do Brasil.
Produtos
Vertis
Itamaraty
Lacerda
Beg
Vronka
Voltaire
Tião sem Braço
Tião com Braço
Tião Banqueta
Stella Alta
Stella Baixa
Sonia
Parker Imbuia
Paraty
Oscar
Nine
Mucki
Moleca Sofá
Moleca Poltrona
Mole Sofá
Mole
Mocho
Magrini
Mac
Mac
Luxor
Lúcio
Lia
Kilin
Katita
Julia
Jua (Vidro)
Jua (Madeira)
Jimi
Hauner
Drummond
Diz Estofada
Diz
Daav
Cantú Alta
Cantú Baixa
Bianca
Beto
Beg
Arimello
Tcheko
Sergio Augusto
Tonico
Tonico
Navona
Gio
Cuiabá
EP12
Cuiabá
Vitrine
Kati
Coringa
Burton
Alex
Alex
Lacerda
Itamaraty
Nikolas
Menna
Gouthier
Gaia
Cuiabá com Braços
Cuiabá
Chancelaria